Formação de Guia de Banhos de Floresta · ITÁLIA · (TBD)

1.960 

Idioma: italiano

Floresta de Monteluco, Spoleto (Umbria), Itália

6 dias de imersão: (TBD)
Fim da prática do Banho de Floresta: (TBD)

Idioma: italiano

A Formação de Guia Certificado de Banhos de Floresta tem um custo de 1.960 €, pelo período de 3 meses. O valor não inclui viagens, alojamento ou refeições.

Esta formação é adequada para quem deseja oferecer o Banho de Floresta como uma prática terapêutica e de bem-estar, ou em combinação com outras práticas de bem-estar, como o yoga, mindfullness, coaching, entre outras. Oferece tanto abordagens terapêuticas, como de bem-estar.

A Formação de Guia Certificado de Banhos de Floresta estabelece ainda uma base sólida para quem deseja participar na Formação CPD em Terapia da Floresta para tratamento, intervenção e reabilitação.

Equipe

Italy April 2021

Shirley

Orientadora & Formadora Sénior

    Alex Gesse

    Orientador & Formador Sénior

      Marco

      Orientador & Formador

        Pedro Trindade

        Orientador & Formador

          Shirley

          Orientadora & Formadora Sénior

          Shirley vive em Dublin e é a Diretora do Forest Therapy Institute e da empresa Ecowellness Consulting. Possui mestrado em Promoção de Saúde e Trabalho Social e mais de vinte anos de experiência a trabalhar nas áreas da saúde e assistência social. Tendo-se tornado a primeira guia certificada de Terapia da Floresta na Europa, possui também uma extensa formação pósgraduada em Ecoterapia, Terapia de Artes Expressivas, Aconselhamento psicológico, Gestão do Stess, competências de terapia de comportamental dialética, terapia comportamental familiar e utilização terapêutica de mindfulness. Shirley apresentou a sua pesquisa de Prática e Terapia da Floresta em conferências internacionais e nas Nações Unidas. Formou-se como guia da natureza com Eco Training na África do Sul, tendo completado um estágio nos Parques Nacionais da África do Sul. Shirley desenvolveu um grande amor e respeito pela natureza, especialmente pelas árvores.

            Alex Gesse

            Orientador & Formador Sénior

            Alex desenvolveu programas de Terapia da Floresta para Bem-estar Corporativo, Prevenção do Stress, Saúde Mental em populações específicas e crianças em risco de exclusão social. É assessor de saúde pública e florestas com a CONAF - Ministério da Agricultura do Chile - e da União de Silvicultores do Sul da Europa (USSE), pertencente ao Grupo Europeu de Interesses Económicos (EEIG). Alex colaborou como consultor no grupo de especialistas em Saúde Humana & Bem-estar para a organização Forest Europe. Já deu formação a mais de 500 guias e practitioners de cinco continentes diferentes, dos quais ofereceu mentoria a 150. É autor do livro “Sentir el Bosque: La Experiencia del Shinrin-Yoku (Baño de Bosque)”, publicado pelo grupo editorial Penguin Random House. Tem ainda formação em gestão empresarial, sociologia, comunicação não-verbal e liderança.

              Marco

              Orientador & Formador

              Marco possui uma larga experiência em estudar a qualidade biológica do meio-ambiente. Com esse conhecimento, cria Jardins Terapêuticos e espaços verdes para o bem-estar em Itália e outros países. Marco colabora com médicos, instituições de cuidados de saúde, equipas corporativas e guias turísticos para desenvolver workshops, retiros e experiências de Banhos de Floresta, envolvendo os participantes em reconexão profunda com a natureza e os seus benefícios. Com a sua equipa, ele estuda e cria trilhos de Banhos de Floresta em parques e outras áreas naturais. É ainda co-autor do livro “The Secret Therapy of Trees” (“A Terapia Secreta das Árvores”), publicado pela Penguin Random House em 2019. Marco adoro yoga, meditação e vê a prática do silêncio como algo muito poderoso.

                Pedro Trindade

                Orientador & Formador

                Pedro guiou inúmeros banhos de floresta tanto a residentes da área metropolitana de Lisboa como a turistas essa reião de Portugal, bem como administrou diversas palestras sobre os Banhos de Floresta e a Terapia da Floresta. Utilizando o método 5x5 do FTI como uma estrutura teórica sólida, está atualmente a desenvolver o seu próprio método para integrar práticas de conexão à natureza nos estilos de vida contemporâneos, tornando a conexão à natureza uma base forte para todos os que querem melhor a sua saúde, bem-estar e performance na vida. É apaixonado por mostrar aos participantes que, dependendo do tipo de floresta ou ambiente natural onde caminham, a estação, o tempo, etc, cada sessão de Banho de Floresta é uma experiência única e significativa por si só. Tem também formação em arquitetura paisagista, fotografia, e design de jardins sustentáveis e naturalistas.

                  O Modelo 5×5 de formação do FTI está inspirado pelo nosso amor pela terra, pela riqueza das nossas particulares tradições e culturas antigas. Todos os programas estão adaptados aos contextos culturais e ambientais específicos, nos quais a formação tem lugar. Assente numa plataforma com suporte científico e nas investigações internacionais mais recentes, com o Modelo 5×5 de formação em Banhos de Floresta do FTI, será capaz de:

                  • Melhorar a consciência da sua relação com a natureza, apoiando o bem-estar, a determinação e um sentido de objetivo.
                  • Incorporar uma plataforma específica para guiar passeios e experiências de Banhos de Floresta.
                  • Integrar a prática de bem-estar dos Banhos de Floresta nos sistemas de saúde, através de um kit de ferramentas.
                  • Integrar novas capacidades para desenvolver a sua vida e trajetória profissional.

                  O primeiro passo do itinerário de formação e certificação em Banhos de Floresta é uma imersão intensiva presencial de 6 dias, seguida logo após pela Prática Orientada obrigatória de 3 meses, realizada desde casa. Após este período, cumprindo os requisitos necessários para exercer como um guia competente, receberá a sua certificação. A prática orientada final permitirá integrar a aprendizagem na sua atividade profissional.

                  FTI · Guia Certificado de Banhos de Floresta:

                  6 dias de imersão intensiva + 3 meses de Prática Orientada = Certificação

                  É um requisito da certificação possuir uma formação em “Primeiros Socorros” ou “Primeiros Socorros em Natureza”, como parte da sua prática orientada. Esta formação não está incluída no custo.

                  1) 6 dias de imersão presencial que consistem numa aprendizagem combinada experimental e convencional, tipo sala de aula, usando o Modelo 5×5, a estrutura comum partilhada pelas duas fases, onde aprenderá sobre:

                  • Capacidades, conhecimentos e técnicas necessários para guiar os seus passeios/experiências de Banho de Floresta.
                  • Método FTI (Estrutura dos Passeios e Modelo 5×5).
                  • Conexão pessoal com a natureza.
                  • Ecoinstrução e gestão de risco.
                  • Práticas sobre os sentidos e presença incorporada (embodyment).
                  • A medicina, ciência e teoria da floresta.
                  • Dinâmicas de grupo.
                  • Trabalho de círculos.
                  • A Arte da Linguagem.
                  • Combinação dos Banhos de Floresta com outras práticas.
                  • Critérios de seleção de caminhos.

                  2) Prática Orientada de 3 meses, realizada desde casa, para integrar a aprendizagem feita durante a imersão, nos quais:

                  • Um orientador local apoiará o seu percurso.
                  • Participará numa série de chamadas mensais com colegas e o orientador.

                  Com a Formação de Banhos de Floresta, será capaz de:

                  • Guiar passeios e experiências de Banho de Floresta.
                  • Desenvolver workshops de Banho de Floresta.
                  • Oferecer experiências, de vários dias, de bem-estar e redução de stress.
                  • Demonstrar uns padrões éticos e profissionais sólidos e obter reconhecimento profissional.
                  • Formar parcerias com organizações.
                  • Integrar as atividades de conexão com a natureza no seu trabalho.

                  A colina de Monteluco, com uma altitude de 804 m, localiza-se a sudeste de Spoleto. O Bosque Sagrado de Monteluco caracteriza-se pela presença de azinheiras, pouco frequentes em locais tão distantes do mar ou dos lagos. A floresta é atravessada por alguns caminhos e no topo da colina existe um amplo relvado, de fácil acesso.

                  Numerosas ermidas e cavernas, incluindo a de Santo António de Pádua, podem ser alcançadas através do caminho que serpenteia pela floresta atrás do santuário franciscano.

                  O Santuário de São Francisco (1218) foi ampliado várias vezes entre os séculos XV e XVIII, mas ainda conserva o poço, o oratório da capela e sete pequenas celas do período franciscano.

                  O miradouro domina o vale e a bela cidade de Spoleto e abriga uma placa com a citação de São Francisco que, observando de cima o mosaico de campos cultivados do Vale de Spoleto, exclamou: “nil iucundius vidi valle mea spoletana” (“Não vi nada mais encantador do que o meu vale de Spoleto”).

                  O Albergo Paradiso situa-se no topo da colina Monteluco. É um hotel de 3 estrelas, totalmente imerso no bosque de azinheiras, junto ao grande relvado de Monteluco.

                  Tipo de alojamento e preços, por noite:

                  • Quartos duplos (partilhados): 60 € com pensão completa / 52 € com meia pensão
                  • Quartos duplos para uso individual: 70 € com pensão completa / 62 € com meia pensão
                  • Quarto individual: 60 € com pensão completa / 52 € com meia pensão (apenas dois quartos disponíveis)

                  As reservas de alojamento e questões práticas são tratadas diretamente com o Albergo Paradiso:

                  Incluídas no preço do alojamento (ver Alojamento).

                  Por favor, informe o hotel sobre qualquer alergia, intolerância ou requisito especial, como a necessidade de una dieta específica ou de productos sem lactosa ou sem glúten.

                  Monteluco é acessível diretamente por carro ou autocarro.

                  De avião: o aeroporto mais próximo é o de Perugia, mas Spoleto também é acessível de comboio a partir dos aeroportos de Roma Fiumicino e Ancona Falconara (com transbordos).

                  De carro: a sudeste de Spoleto fica a estrada local SP 462 para Monteluco (7 km).

                  • Sul: A1 Roma-Orte, depois E45 Orte-Terni e SS3 Terni-Spoleto.
                  • Norte: A1 Firenze-Bettolle-Perugia, depois SS3 Perugia-Spoleto.
                  • Nordeste: A14 Ancona-Civitanova Marche, depois SS77bis Civitanova Marche-Foligno, depois SS3 Foligno-Spoleto.

                  Autocarro: a linha ML, com quatro saídas por dia, parte da estação de comboios de Spoleto.

                  Formação de Guia de Banhos de Floresta · ITÁLIA · (TBD)
                  1.960